Presidente da Funai se reúne com representantes de Amarante para tratar de ampliação da reserva Governador

0
2

Representantes do município de Amarante do Maranhão se encontraram nesta terça-feira (11) com o presidente do FUNAI (Fundação Nacional do Índio), Franklimberg Ribeiro de Freitas. A reunião foi marcada pelo deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA) para tratar de um estudo que tramita no órgão para ampliação da Terra Indígena Governador, dos índios Gavião/Pukobyé. “Se isso acontecer, o município será sufocado economicamente”, explicou o parlamentar.

A proposta, que está em aberto desde 2010, prevê a ampliação da reserva em mais 163.086 hectares, o que equivale a 75% da área do município de Amarante, incluindo 11 assentamentos do INCRA, onde vivem três mil famílias.

Participaram do encontro a prefeita de Amarante, Joice Marinho; o ex-prefeito, dr. Marconi; o presidente da Associação Comissão Permanente em Defesa dos Proprietários Rurais de Amarante do Maranhão, Emanuel Oliveira, o advogado da Comissão de Proprietários, dr. Luis Antonio Nascimento Curi, além de membro da assessoria técnica da Funai, da Prefeitura e da Liderança do PDT na Câmara.

O presidente da Funai ouviu as explicações dos representantes do município e dos agricultores, que alegam erro de origem no processo, que não partiu de uma demanda da população indígena, nem cumpriu as etapas necessárias de estudo. Franklimberg se comprometeu a considerar as informações dadas e avaliar a situação. Uma nova reunião deve acontecer no segundo semestre, quando o órgão terá uma posição sobre o processo.

“Foi uma reunião muito produtiva”, afirmou Weverton Rocha. Pela primeira vez, Amarante foi ouvida com tranquilidade e acredito que conseguimos colocar luz sobre uma proposta de ampliação que inviabiliza o município e a vida de mais de 26 mil pessoas que vivem nessa área hoje”, completou.